Páginas

quarta-feira, 7 de outubro de 2015

CT BOUCHERIE - Impressões sobre o quarto jantar harmonizado com cervejas

Ontem foi realizada mais uma edição do jantar harmonizado do Grupo CT. Dessa vez o jantar saiu de São Conrado e foi parar na Barra da Tijuca, na CT Boucherie - Rio Design Barra

Desnecessário dizer que foi mais um jantar feito com capricho por todas as partes envolvidas, que são: os chefes Didier Labbé e Jessica Trindade, e o sommelier de cervejas Pedro Barcellos.

foto Mariana Rezende


Infelizmente eu não fui, mas a amiga Mariana Rezende foi e registrou tudo em fotos - ela é uma das sócias do Bar da Frente, bar da Praça da Bandeira que serve petiscos criativos (e premiados) e comida honesta. Portanto é uma pessoa que entende tudo de comida.

As impressões sobre os pratos e as cervejas foram escritas pelo próprio Pedro Barcellos. Abaixo ele explica suas intenções ao selecionar os rótulos e os elementos que buscou em cada cerveja nas harmonizações.

Cavaquinha, aipim, foie gras e brioche + Bamberg Camila Camila
“O amargor característico da cerveja, uma Bohemian Pilsener, corta a gordura do foie gras criando uma facilidade maior de se degustar o prato, ao mesmo tempo que o maltado, também característico da cerveja, busca uma semelhança com o brioche. O aroma floral do lúpulo vai “temperar” a cavaquinha e os chips de aipim, resultando em uma entrada leve, suave e muito saborosa.” 

foto Mariana Rezende


Polenta mole, ovo poché, queijo da canastra e broto de salsa + Paulaner Hefe-Weissbier
“O aroma e o sabor fenólico da cerveja vão deixar a polenta e o ovo poché mais saborosos e temperados. Recomendo que deguste primeiro só a polenta e, depois, a polenta com a cerveja. A diferença de sabor é muito perceptível, assim como a leveza que a cerveja acrescenta à polenta. O frutado da cerveja vai ter uma semelhança muito grande com o sabor do queijo da serra da canastra.”

foto Mariana Rezende


Costela suína, molho de goiaba, pomme dauphine de baroa e requeijão + Schneider Weisse Tap 6 Aventinus
“A cerveja composta de aromas que vão lembrar furtas passas e ameixa buscam uma semelhança muito intensa com o sabor do molho de goiaba, enquanto o teor alcoólico um pouco mais elevado vai cortar a gordura da costela, uma carne conhecidamente mais gordurosa. O mesmo vale para o pomme dauphine feito de batata baroa e requeijão, o álcool vai deixar a fritura mais “leve” , vamos ter uma semelhança de dulçor com o adocicado da baroa e “quebrar” a viscosidade do requeijão.”

foto Mariana Rezende


Magret de pato com especiarias e maçã caramelizada com mel e flores de mel + Trappistes Rochefort 10
“A cerveja e o prato eram muito intensos. A gordura do magret era quebrada pelo teor alcoólico da cerveja. Recomendei que a maça verde caramelizada fosse degustada primeiro com a cerveja, de forma que o dulçor da cerveja e a acidez da maça buscariam um equilíbrio, deixando a cerveja menos doce e a maça menos ácida, porém mantendo uma acidez suave característica da maça verde. O magret tinha uma semelhança de dulçor com a cerveja, pois o molho levava mel e flores de mel completavam a decoração do prato.” 

foto Mariana Rezende


Trio de chocolate + Wäls Petroleum
“Trio de chocolates, composto por sorvete de chocolate branco, brownie de café com espuma de cacau e uma tortinha de chocolate meio amargo. Foi recomendado experimentar cada doce separadamente com a cerveja para se perceber as diferenças que isso iria gerar no sabor. No caso do sorvete, a boca ficava bem aveludada e a torrefação da cerveja ficava menos intensa; no brownie, a torrefação tanto da cerveja quanto dele crescia, mas a espuma de cacau dava um equilíbrio para os dois; por fim, a tortinha de chocolate meio amargo buscava uma semelhança com o amargor da cerveja.”

foto Mariana Rezende


Para saber como foram as edições anteriores, é só clicar aqui e aqui

Fica a espera (e ansiedade) para a próxima edição do Jantar Harmonizado - talvez tenhamos uma novidade por aí. Por enquanto só nos resta ficar babando, famintos e sedentos, olhando as fotos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário