Páginas

quinta-feira, 26 de março de 2015

TRÓPICA BREWING CO. – A cigana que vai conquistar os trópicos

Ontem foi o lançamento oficial da Trópica Brewing Co., a mais nova cervejaria cigana do Rio de Janeiro. A Trópica carrega o sabor da verdadeira brasilidade e o Rio é o seu aporte. A inspiração vem dos quatro cantos do mundo – assim como a cerveja, uma bebida universal.



A Trópica está sendo produzida na Röter Brauhof, cervejaria localizada em Barra do Piraí, interior do estado do Rio de Janeiro. Por enquanto são dois os rótulos disponíveis no mercado. A Bora Bora possui uma base de maltes de uma American Blonde Ale com a pegada cítrica e condimentada de uma Belgian Witbier. Na receita é adicionada a semente de coentro e a casca de tangerina, que aliada ao lúpulo alemão Mandarina, traz um perfil cítrico bem marcante na cerveja.

Trópica Bora Bora – Blonde Ale – 4,8% ABV
Cor amarela e cristalina. Espuma branca e cremosa. Aroma condimentado e cítrico bem fresco. Sabor similar ao aroma, com um bom amargor no aftertaste. Alta drinkability, fácil de beber e muito refrescante.


Já a Arequipa se inspirou no consumo de mate nas praias cariocas. Daí surgiu uma cerveja do estilo Session IPA, que recebeu adição de erva-mate na receita durante a etapa da fervura. Ela possui 40 IBUs (unidade internacional de amargor) e também recebeu dry hopping do lúpulo americano Zythos.

Trópica Arequipa – Session IPA – 4,8% ABV
Cor alaranjada e limpa. Aroma de lúpulo frutado, cítrico e bem fresco. Sabor de frutas intenso, lembrando frutas tropicais. Amargor assertivo que não persiste no aftertaste, que termina limpo e seco, pedindo mais goles. Corpo baixo e alta drinkability.


O responsável pela elaboração das receitas da Trópica, e um dos sócios da marca, é o Leandro Ajuz. Ele já está pensando no próximo rótulo a ser lançado, mas sem nada ainda de definitivo. A ideia por enquanto é que seja uma Hopweiss, ou seja, uma cerveja com malte de trigo e com uma carga maior de lúpulo. Outra possibilidade para o futuro é que a marca também seja comercializada no mercado exterior.

Abaixo segue a relação dos pontos de venda onde a Trópica pode ser encontrada. Vida longa à cervejaria e que ela conquiste territórios por todos os trópicos do planeta. Saúde!

BARRA DA TIJUCA
.Bistro - Av. Vice Presidente José Alencar, 1405, loja i, Empório Jardim
Beer Taste - Av das Américas 700, bloco 6, sala 148 (Cittá América)
Candy - Av. Armando Lombardi, 600 - Loja N – (Condado dos Cascais)
Empório Santa Therezinha - Av. das Américas 13.280
Lidador (BARRA SHOPPING) - Avenida das Américas, 4666
Nook Bier - Av. Embaixador Abelardo Bueno, 1 - loja 170

BOTAFOGO
Antiga Mercearia - Rua Voluntários da Pátria, 446 (Cobal Humaitá)
Boteco Colarinho - Rua Nelson Mandela, 100
Lidador (RIO SUL) - Rua Lauro Müller, 116

CATETE
Biergarten - Largo do Machado, 29, sbl 202

COPACABANA
Pub Escondido - Rua Aires Saldanha, 98

IPANEMA
Lidador – Rua Vinicius de Moraes, 120

LEBLON
Brewteco - Rua Dias Ferreira, 420
Delly Gil - Rua Gilberto Cardoso (Cobal Leblon)
Herr Pfeffer - Rua Conde Bernadote, 26

PRAÇA DA BANDEIRA
Botto Bar - Rua Barão de Iguatemi, 205
Hellish Pub - Rua Barão de Iguatemi, 292

SÃO CONRADO
Zona Zen - Estrada da Gávea, 636

VOLTA REDONDA
Bier Prosit - Avenida Lucas Evangelista de Oliveira Franco, 1036 - Aterrado

3 comentários:

  1. vou montar um negócio na BA e estou fazendo a logística para entrega; escolhendo algo leve e que não pese no calorão. Amei a pegada da 1ª; andei por POA & BH escolhendo e do RJ só ía levar a NOI.......quero cervejas artesanais e com frutas/especiarias típicas brasileiras......tem como me ajudar?

    ResponderExcluir
  2. Olá! Me mande um email e vamos viabilizar isso.
    leandroajuz@gmail.com

    ResponderExcluir
  3. Relizo pesquisas com bambu há 15 anos , como hobby, entre dados encontrados em fontes de consulta, na China é fabricada uma cerveja de Bambu. Com o bambu é rico em amido, me parece que faz sentido. Tenho um sítio Em Posse´/ Petrópolis /Rj. Neste sítio existe uma nascente natural, semi artesiana com vasão de aproximadamente, 1.000 l/h. esta água foi examinada pelo Laboratório, Baktron, UFRJ, considerada pura quento à nos exames Físico e e Químico. Disponha de de Plantação de bambu, prima em abundância Estes dados poderiam ser um início, com futuro imprevisível. Caso haja interesse peço prosseguir em correspondência pessoa - pessoa. No aguardo Marques..

    ResponderExcluir